Notícias sobre Regulação


A Agência Nacional do Petróleo (ANP) vai priorizar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação relacionados a medidas de prevenção de acidentes e ao impacto ambiental da produção de óleo e gás. A decisão foi tomada em razão do derramamento de óleo que atingiu o litoral brasileiro, principalmente na região Nordeste. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente, cerca de 4,6 toneladas petróleo cru foram retiradas desde o fim de agosto, quando as primeiras manchas foram detectadas.

O objetivo da ANP é contribuir com a capacitação e preparação das empresas e instituições de pesquisa para situações de emergência. A agência reguladora vai estimular o desenvolvimento de projetos com temas como: modelagem de dispersão de óleo em ambientes marítimos; monitoramento de infraestruturas de produção, escoamento e transporte de petróleo; metodologias de monitoramento e prevenção de perdas de contenção de hidrocarbonetos em unidades marítimas de produção de petróleo e na infraestrutura submarina; monitoramento de poços; respostas a emergências, infraestrutura e ICS (Incident Command System); metodologias de análises de risco aplicadas à indústria do petróleo e do gás natural.

Empresas e instituições que desejem mais informações podem entrar em contato pelo e-mail autorizacaopreviaped@anp.gov.br.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.