Notícias sobre Regulação


A Agência de Segurança, Energia e Meio Ambiente (Asea), do México, está às voltas com uma polêmica. De acordo com informações da imprensa mexicana, o órgão regulador cancelou uma multa de US$ 700 mil que estatal de petróleo Pemex teria que pagar por destruir uma área de manguezal durante a construção da refinaria de Dos Bocas. Segundo as denúncias, a medida foi tomada apesar do tamanho da área devastada ter aumentado desde que Asea verificou o problema.

O empreendimento começou a ser erguido no início de 2019, quando foi constatado o dano à vegetação e a Asea aplicou a multa. Em agosto, a Pemex obteve licença provisória de construção, mas com a condição de não interferir no restante da área de mangue. Imagens de satélite divulgada pela revista Quartz mostraram que a área verde destruída no mês passado era maior do que a de quando a Pemex sofreu a advertência.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.