Notícias sobre Regulação


A capital espanhola Madri sediou na semana passada o 19° Congresso Mundial de Petróleo, no qual um dos destaques foi a possibilidade de o Brasil entrar na galeria de grandes produtores planetários, com as descobertas de grandes jazidas em águas ultraprofundas abaixo da camada de sal. Em palestra durante o evento, o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, disse que é grande a chance de que os campos encontrados a partir do ano passado estejam interconectados.

“Existe essa expectativa a partir dos resultados até agora, mas temos que esperar por mais perfurações”, afirmou. O presidente da estatal brasileira, José Sérgio Gabrielli, disse na Espanha que apenas um dos campos, o de Tupi, na Bacia de Santos, deve ter uma reserva de 5 a 8 bilhões de barris de óleo, “mas o volume total ainda não sabemos”.

Ao mesmo tempo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a Petrobras vai começar a extrair petróleo da camada pré-sal em setembro deste ano. A primeira jazida a ser explorada será a de Jubarte, no Espírito Santo. Já o poço de Tupi deve ter sua produção iniciada, em caráter experimental, em março de 2009.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.