Notícias sobre Regulação


Em fiscalização feita pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), técnicos constataram que as obras em seis das sete rodovias federais privatizadas no fim ano passado estão atrasadas. Com isso, as empresas que venceram as concessões dos trechos não poderão começar a cobrar pedágio na próxima semana, como estava previsto. A previsão é de que os motoristas só comecem a pagar para circular nessas estradas a partir de outubro.

Quando os contratos de concessão foram assinados, em 14 de fevereiro, as empresas foram obrigadas a realizar obras nas pistas e melhorias na sinalização. As operadoras alegam que o atraso foi causado pelo governo, que demorou para autorizar a desapropriação dos terrenos onde estão sendo construídas as praças de pedágio.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.