Notícias sobre Regulação


A Petrobras anunciou a descoberta de mais um campo de óleo leve de boa qualidade abaixo da camada de sal na Bacia de Santos. Batizado de Iara, o bloco é explorado pela estatal brasileira (65%), em sociedade com a inglesa BG (25%) e a portuguesa Galp Energia (10%). As dimensões da jazida, que fica numa área menor que a do megacampo de Tupi, só serão conhecidas com a perfuração de novos poços. A descoberta foi comunicada na semana passada à Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O diretor internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, afirmou que a localização de grandes reservas no pré-sal deverá forçar a empresa a mudar seus planos de negócios. Uma sonda de prospecção que ficará pronta no início de 2009 e seria instalada no Golfo do México poderá ser desviada para a Bacia de Santos. Em construção na China, a plataforma terá capacidade para perfurar petróleo em até 3.800 metros abaixo do nível do mar. "Não é uma diminuição de negócios no exterior, mas podemos postergar alguns investimentos por ter uma exploração importante no Brasil", explicou.

A nova programação de investimentos da Petrobras deve ser divulgada em no máximo dois meses. A empresa corre contra o tempo para confirmar suas descobertas e cumprir os contratos assinados com a ANP. Caso não seja constatada a presença de petróleo ou gás até a data de vencimento de determinado contrato, o bloco é devolvido à agência.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.