Notícias sobre Regulação


Com quase uma semana de atraso, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) autorizou o início das obras da usina hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, região amazônica. A licença parcial foi publicada na página do Ibama na internet. Vencedor da licitação para operar a central elétrica, o consórcio Energia Sustentável do Brasil (Enersus) já enviou ao local tratores e caminhões para abrir
estradas e começar a construção.

O atraso criou constrangimento para o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que informou ter entregue o documento de autorização "assinado e datado" ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A hidrelétrica ficará nove quilômetros distante do local originalmente previsto no contrato, mas os órgãos reguladores brasileiros autorizaram a mudança. O deslocamento permitirá uma economia de R$ 1 bilhão, segundo estimativas do consórcio Enersus.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.