Notícias sobre Regulação


Apenas 38,8% das multas aplicadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nos últimos anos foram pagas pelas empresas. O dado faz parte de levantamento do órgão regulador do setor, que, a partir de reclamações de passageiros, abriu 11.208 autos de infração contra as companhias aéreas entre 2003 e 2008. A Anac admite que deixou que mais de 60% dos processos prescrevessem, livrando as empresas do pagamento.

As infrações mais frequentes foram: cancelamento de vôo (758 casos), overbooking (700), atraso na decolagem (646) e extravio de bagagem (629). As pouco mais de 1.400 multas renderam R$ 3,1 milhões (US$ 1,3 milhão) para a agência. Diretor da Anac, Marcelo dos Guaranys afirma que falta pessoal para agiliza os julgamentos dos processos, mas garantiu que o ritmo de trabalho bateu recorde em 2008. Segundo ele, os fiscais do órgão fizeram quase 9 mil autuações, maior volume num único ano.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.