Notícias sobre Regulação


Em uma apresentação para cerca de 180 empresários americanos, em Nova York, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, assegurou que a empresa tem condições de obter os US$ 174,4 bilhões previstos no Plano de Negócios 2009-2013. O valor foi considerado alto por alguns integrantes da platéia, que questionaram a dificuldade de a estatal brasileira conseguir crédito para adquirir esses recursos em meio à crise global.

Gabrielli reconheceu que o planejamento é ambicioso, pois a intenção é fazer da Petrobras uma das cinco maiores petrolíferas do mundo, e afirmou que o aumento de investimentos baseia-se na perspectiva de obter “um retorno em menos tempo nas reservas do pré-sal”. O executivo acredita que o preço do barril de petróleo pode chegar a US$ 60 em dois anos, cotação que aumentará os lucros da empresa.

Os investidores ponderaram que ainda não é possível saber se a crise financeira mundial será longa e temem que isso dificulte a liberação de crédito para a Petrobras. O presidente da empresa admitiu o problema, mas afirmou que já conseguiu mais de US$ 20 bilhões só este ano.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.