Notícias sobre Regulação


Entre os dias 9 e 11 deste mês, em Roma, na Itália, foi realizada uma reunião de três dias da Comissão Internacional Baleeira. O resultado é a proposta de que o Japão abdique da caça de fins ditos científicos na Antártica e, em compensação, tenha a caça comercial em suas águas costeiras liberada. Desde que a caça comercial foi proibida, em 1986, o Japão usa o artifício da caça científica para continuar a caçar baleias. Mas os animais, em sua maioria, acabam mesmo no mercado. A caça comercial costeira em pequena escala poderia ser uma solução de consenso.

A maioria dos defensores das baleias, no entanto, adverte que fechar um precedente para abrir outro não é a solução de um problema que já levou espécies inteiras à extinção – e ainda ameaça outras espécies em todo o mundo.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.