Notícias sobre Regulação


Com a presença de representantes de 85 países, a Comissão Baleeira Internacional (CBI) promoveu sua 61ª reunião anual na Ilha da Madeira. Durante o encontro, pesquisadores, ambientalistas e autoridades fizeram um balanço do trabalho em defesa da preservação dos mamíferos aquáticos e traçaram metas para o futuro.

Uma das apresentações feitas no comitê científico da CBI abordou o catálogo de fotoidentificação individual da baleia azul no Hemisfério Sul. O trabalho foi bastante elogiado, assim como a análise sobre a população de baleias jubartes na região, elaborado em conjunto pela Fundação Jubarte, do Brasil; Universidade de Magalhães; a ONG Whalesound e o Centro de Conservarción Cetácea (CCC), do Chile.

Um problema que chamou a atenção foi a situação delicada das baleias franca no Pacífico Sul. Essa população de cetáceos foi considerada em perigo crítico e foi apontada como a mais ameaçada do planeta. Encerrada no dia 25 de junho, a 61ª reunião da CBI estabeleceu como meta aumentar a participação da sociedade civil na luta pelo conservacionismo e contra a caça a baleias.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.