Notícias sobre Regulação


Dos 28.831 quilômetros de ferrovias existentes no Brasil, apenas 10.930 são explorados. É o que revela estudo feito pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) sobre o as linhas férreas no país. Mesmo nos trechos que foram privatizados na década de 1990, os números não são animadores: 62% estão ociosos ou abandonados. Exceto por alguns trens urbanos nas capitais, esse meio de transporte é utilizado quase sempre para carga.

Para reverter esse quadro, o governo está tentando criar mecanismos que possam atrair investidores. O primeiro passo foi encomendar uma pesquisa para que técnicos da ANTT descubram as razões dessa ociosidade. Depois, será feito um levantamento sobre o potencial econômico de cada ramal ferroviário. O passo seguinte será conversar com os concessionários para rever metas desempenho.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.