Notícias sobre Regulação


O governo federal transferiu para o início de 2010 o leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte por causa da demora na concessão da licença prévia pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama). O anúncio foi feito pelo secretário-executivo do Ministério das Minas e Energia, Márcio Zimmermann. “A licença prévia deveria sair até o dia 16 de novembro. Belo Monte agora é viável apenas para janeiro”,
afirmou.

Segundo o Ibama, ainda há uma série de pendências técnicas no relatório ambiental. Entre elas, a análise de documentos sobre a disseminação de malária na área afetada e sobre as cavernas existentes na região. Inicialmente, a previsão era de que a usina começasse a gerar energia em abril de 2014. A mudança de data deve provocar atraso de alguns meses. Com uma obra orçada entre R$ 16 bilhões (US$ 8,7 bilhões) e R$ 30 bilhões (US$ 17,4 bilhões), Belo Monte terá capacidade para 11.233 megawatts.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.