Notícias sobre Regulação


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai modificar, a partir de janeiro, a forma de punição às distribuidoras por interrupções no fornecimento. Em vez de pagarem uma multa pelo descumprimento das metas de qualidade, as empresas terão que recompensar o consumidor pelas falhas no serviço. Nesses casos, o valor pago nas contas de luz será menor. As novas regras foram aprovadas em reunião da diretoria do órgão regulador.

“Estamos percebendo que a qualidade tem piorado. Estamos apertando mais porque as concessionárias precisam melhorar seus serviços. Agora, todo o valor da multa vai para o consumidor. O objetivo não é aumentar as multas, mas melhorar a qualidade da energia que o cliente recebe”, afirmou Paulo Henrique Silvestri Lopes, superintendente de Regulação de Distribuição da Aneel.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.