Notícias sobre Regulação


Cientistas do Instituto Chico Mendes – órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente – estão realizando o mapeamento genético do peixe-boi marinho, animal que antes era abundante na costa brasileira mas que hoje está reduzido a cerca de 500 indivíduos apenas no litoral do Nordeste. O peixe-boi é o mamífero aquático mais ameaçado de extinção no país. Devido ao alto valor comercial do couro, a espécie foi dizimada no Brasil ao longo dos séculos.

A análise vai permitir identificar as doenças mais frequentes para poder separar os casais de animais com maior variedade genética. “Vamos escolher casais que podem ter um filhote com uma grande variedade genética. Essa mistura fará com que ele possa suportar mais facilmente certas doenças, mudanças bruscas de temperatura ou até alterações provocadas pela degradação ambiental”, explicou Fábia Luna, chefe do Centro de Mamíferos Aquáticos do Instituto Chico Mendes.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.