Notícias sobre Regulação


Um estudo do Instituto de Pesquisa do Golfo do Maine e da Universidade do Maine indica que 100 milhões de toneladas de gás carbônico foram lançadas na atmosfera nos últimos 100 anos devido à caça a baleias. De acordo com a pesquisa, cetáceos de grande porte armazenam gás em seu corpo e, quando são mortos, soltam a maior parte da substância.

Um dos responsáveis pela pesquisa, Andrew Pershing comparou as baleias a “florestas no oceano” e afirmou que protegê-las significa um grande programa de “reflorestamento”. De acordo com os cálculos do estudo, ao longo de um século de matança de baleias, foi liberada uma quantidade equivalente à queima de 130 mil quilômetros de florestas.

De acordo com Pershing, a morte de cetáceos de causas naturais não provoca efeitos no meio ambiente, já que os corpos afundam e o gás carbônico é levado para o fundo do oceano, não afetando a atmosfera.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.