Notícias sobre Regulação


Prevista para o mês que vem, a operação de capitalização da Petrobras foi adiada para setembro. A estatal informou que, antes de buscar fontes de captação de R$ 150 bilhões (US$ 85 bilhões) para aumentar seu capital, vai aguardar o laudo de uma empresa certificadora que será contratada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Essa companhia vai avaliar até agosto as reservas de óleo existentes em áreas não licitadas da camada do pré-sal.

Para garantir a operação antes das eleições presidenciais de outubro, o governo autorizou que a ANP dispensasse licitação para contratar a companhia certificadora.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.