Notícias sobre Regulação


O desastre ambiental no Golfo do México, nos Estados Unidos, provocado pelo vazamento de óleo de um poço explorado pela British Petroleum, fez o governo brasileiro se mobilizar. A Agência Nacional do Petróleo (ANP), a Marinha e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) começaram a elaborar o primeiro Plano Nacional de Contingência para conter derramamentos de petróleo em alto-mar. A preocupação é ainda maior porque o país está iniciando a exploração de grandes jazidas em águas ultraprofundas, na chamada região do pré-sal.

Até agora, era a Petrobras a responsável pelos programas de contenção de acidentes de cada plataforma. Com o desastre no Golfo do México, o governo decidiu traçar uma estratégia em nível nacional, com atuação conjunta de órgãos fiscalizadores e ambientais. “Apesar de os sistemas de segurança adotados no Brasil estarem entre os mais avançados do mundo, é preciso aperfeiçoar mais. Serão necessárias novas medidas e a fiscalização também vai aumentar”, afirma Haroldo Lima, diretor-geral da ANP

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.