Notícias sobre Regulação


A 70 quilômetros da costa do estado da Bahia fica o Arquipélago de Abrolhos. Com a maior biodiversidade do Atlântico Sul, a região no entorno do conjunto de ilhas foi primeira área marinha protegida criada no Brasil, em 1983. São 95 mil metros quadrados que incluem o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, os parques nacionais do Descobrimento, do Monte Pascoal e do Pau Brasil, as reservas extrativistas do Corumbau, Canavieiras e Cassurubá, reservas particulares e unidades de conservação estaduais e municipais.

O local se transformou num exemplo que concilia turismo, atividade econômica e preservação. Interessados em mergulho submarino deleitam-se com a variedade de peixes e corais. Ali também é habitat de tartarugas marinhas e baleias jubarte, espécies ameaçadas de extinção. A área apresenta ainda a maior produção pesqueira da Bahia, responsável pelo sustento de 20 mil pescadores.

Os esforços de entidades oficiais e de ambientalistas é preservar essa riqueza diante das ameaças, como a pesca sem controle e o desmatamento da vegetação litorânea. “Um trabalho de conscientização tem aberto os olhos da comunidade para a importância da conservação do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. A tarefa encurta as distâncias entre população e a unidade de conservação”, afirma Joaquim Rocha Neto, diretor do parque.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.