Notícias sobre Regulação


Localizado a 267 quilômetros da costa do estado do Rio Grande do Norte, o Atol das Rocas é um dos santuários ecológicos marinhos mais importantes do Brasil, com centenas de espécies da flora e da fauna numa área de 360 quilômetros quadrados de recifes e mil metros de profundidade. Apesar disso, a estação científica da reserva biológica do atol esteve ameaçada de fechar por causa de apenas R$ 35 mil (US$ 20,5 mil). Esse é o valor que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) devia ao dono do barco usado para levar os pesquisadores de Natal, capital do estado, até a estação.

A equipe é responsável pela fiscalização e monitoramento de um local que serve como berçário para espécies como tartarugas, meros, tubarões-lixa, lagostas pintadas e arraias-manta, ameaçadas de extinção. As pesquisas foram salvas pelo empresário Paulo Tupinambá, dono da Haztec, empresa de consultoria e serviços na área ambiental, que soube do problema, pagou a dívida e decidiu custear o transporte por um ano.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.