Notícias sobre Regulação


Estudo realizado por quatro pesquisadores brasileiros durante dois anos e meio na região do arquipélago de Abrolhos, entre o sul da Bahia e o norte do Espírito Santo, pode ajudar na recuperação e na gestão da exploração de peixes das famílias dos badejos, garoupas e vermelhos. O trabalho resultou no artigo científico Spawning patterns of commercially important reef fish, publicado na revista Scientia Marina.

A pesquisa concluiu que badejos e garoupas se reproduzem mais entre julho e agosto. No caso dos vermelhos, isso ocorre em dois períodos: entre setembro e outubro e de fevereiro a março. Também foram identificados os principais locais de reprodução. “Trabalhamos com a perspectiva de que é possível recuperar e manter os estoques pesqueiros, desde que tenhamos conhecimento, criemos áreas protegidas nos lugares certos e implementemos as medidas de controle necessárias para a pesca”, afirma Guilherme Dutra, diretor do Programa Marinho da ONG Conservação Internacional-Brasil, que apoiou o estudo.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.