Notícias sobre Regulação


Técnicos da Receita Federal estimam que menos de 5% dos cigarros contrabandeados para o Brasil são apreendidos. Só para se ter uma ideia do volume de produtos ilegais que entram no país, em 2009 o governo destruiu 78 milhões de maços. E os pacotes de cigarros representam 40% do total de artigos contrabandeados que são recolhidos em fiscalizações.

Na avaliação de especialistas, o contrabando de cigarros tem relação com o narcotráfico. Muitas vezes, num mesmo caminhão ou ônibus vindo do Paraguai, a polícia encontra caixas de cigarros e tabletes de maconha. “É o crime organizado. O grupo possui a logística de distribuição pelas estradas do país e vai espalhando esses produtos por aí”, afirmou o diretor da Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF), Fernando Ramazzini, em entrevista à revista semanal IstoÉ.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.