Notícias sobre Regulação


O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – órgão do Ministério do Meio Ambiente – concluiu avaliação preliminar sobre o risco de extinção de todas as 169 espécies tubarões e arraias registradas no Brasil. Iniciado em 2009, o trabalho envolveu mais de 50 especialistas.

De acordo com o levantamento, entre todas as espécies, duas estão "regionalmente extintas" e 60 encontram-se sob alguma categoria de ameaça – sendo 29 "criticamente em perigo", sete "em perigo" e 20 "vulneráveis". Apenas 31 foram avaliadas como "menor preocupação" e 16 como "quase ameaçadas". Como não foram obtidos dados suficientes sobre 59 espécies, a pesquisa vai continuar.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.