Notícias sobre Regulação


Os cerca de 3 mil pescadores e criadores de crustáceos que atuam na Baía de Sepetiba, no litoral do Rio de Janeiro, enfrentam problemas com o acelerado desenvolvimento da região nos últimos meses. Ao mesmo tempo em que grandes siderúrgicas se instalam e o porto é ampliado, a presença de peixes se torna cada vez mais escassa. Muitos que sobrevivem da pesca estão buscando sustento em outras atividades.

Diante desse problema, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio de Janeiro traçou um plano de desenvolvimento sustentável para a região. Uma das ideias é estender por um ano a proibição da pesca como uma forma de a fauna se recompor. Nesse período, as grandes empresas apoiariam os pescadores na recuperação dos barcos e em outras atividades.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.