Notícias sobre Regulação


O governo adiou para o ano que vem o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre cigarros. Prevista inicialmente para dezembro, a elevação do tributo provocaria um reajuste de pelo menos 20% no preço do produto.

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, informou que o adiamento atende a uma solicitação dos fabricantes. Segundo ele, o setor tabagista pediu um prazo maior para a implementação da medida.

“Como essa é uma mudança importante, que implica na revisão de decisões de produção, investimento e marketing, foi pedido que se coloque o aumento em prática em 2012, e não agora já em dezembro. Um decreto fixando uma data sairá nos próximos”, declarou Barbosa.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.