Notícias sobre Regulação


O tubarão-das-Galápagos está extinto no Brasil. A constatação foi feita pelos cientistas Osmar Luiz Júnior, do Departamento de Zoologia da Universidade Estadual de Campinas, e Alasdair J. Edwards, da School of Biology da Newcastle University. Em artigo publicado na revista Biological Conservation, os pesquisadores relatam que a espécie – que habitava próximo a recifes oceânicos do arquipélago de São Pedro e São Paulo, a 986 quilômetros do continente – nunca mais foi avistada.

No trabalho, os estudiosos compararam registros feitos nos séculos 18, 19 e 20 com dados recentes, produzidos nos últimos dez anos. O motivo apontado para a extinção da espécie em águas brasileiras é a pesca comercial próxima a uma Área de Proteção Ambiental, onde deveria haver controle e plano de manejo.

O fim de um predador no topo da cadeia alimentar traz consequências sérias, segundo Osmar Luiz Júnior. “Nos Estados Unidos, há local onde a extinção de tubarões levou a uma superpopulação de arraias e a uma redução drástica de vieiras, provocando sérios prejuízos para os pescadores”, alerta.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.