Notícias sobre Regulação


A Agência Nacional do Petróleo (ANP) decidiu suspender todas as atividades de perfuração de óleo da Chevron no Brasil. A proibição ficará em vigor até que sejam identificadas as causas do vazamento do Campo de Frade, na Bacia de Campos, litoral do Rio de Janeiro, há duas semanas.

A petroleira americana calcula que cerca de 2,5 mil barris de óleo vazaram no mar. No entanto, segundo estimativa da Secretaria de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, o vazamento chegou a 15 mil barris.

Em audiência na Câmara dos Deputados, o presidente da Chevron no Brasil, George Buck, pediu desculpas à sociedade e ao governo e garantiu que vai cumprir a determinação da ANP.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.