Notícias sobre Regulação


No litoral dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul, sobrevive a segunda espécie de golfinho mais ameaçada do mundo. Mais conhecida como toninha (Pontoporia blainvillei), é um dos menores golfinhos do mundo e costuma viver perto da costa, a no máximo 35 metros de profundidade. E é exatamente por essa localização que esse animal está em risco: a pesca acidental é seu principal inimigo.

Mesmo sem serem alvo de pescadores, as toninhas acabam capturadas pelas redes e morrem afogadas, já que são mamíferos e precisam ir à tona respirar. O Projeto Toninhas, que visa a conservação e pesquisa da toninha em Santa Catarina, estima em 25 mil a população de animais da espécie no Brasil. No entanto, cerca de mil são mortos por ano em redes de pesca.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.