Notícias sobre Regulação


As empresas que venceram em outubro o leilão para administrar estradas federais receberam autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para iniciar as obras. A previsão inicial é que sejam feitos investimentos de R$ 650 milhões em 2.400 quilômetros de seis das sete rodovias privatizadas no ano passado – o último trecho será entregue à iniciativa privada em março. Os contratos de concessão, assinados na quinta-feira (14 de fevereiro) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, têm 25 anos de duração.

A companhia espanhola OHL passa a gerenciar cinco rodovias que passam pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais. Motoristas deverão começar a pagar pedágio nessas estradas a partir de agosto, quando parte das reformas já estiver implementada. A concessionária BRVias, responsável por um trecho ligando Paraná, São Paulo e Minas Gerais, planeja acelerar as obras para recolher tarifas o quanto antes.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.