Notícias sobre Regulação


Conhecido por perseguir embarcações japonesas que caçam baleias na Antártica, o grupo ambientalista Sea Shepherd Conservation Society – classificado como ecoterrorista por seus inimigos – conseguiu uma vitória nos tribunais. A Justiça de Seattle, onde fica a sede da organização, rejeitou a proibição das atividades da Sea Shepherd.

A ação judicial havia sido proposta pela empresa japonesa Kyodo Senpaku, dona de baleeiros, e pelo Instituto de Pesquisa de Cetáceos, órgão que coordena a caça com subsídios do governo do Japão. A alegação era de que os ambientalistas, com suas iniciativas para tentar impedir a caça, colocam em risco a vida da tripulação e provocam danos aos barcos.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.