Notícias sobre Regulação


Pesquisadores da Universidade de Cascadia, no estado de Washington, desenvolveram multissensores que fornecem detalhes sobre a movimentação das baleias. Instalados com ventosas no dorso dos mamíferos aquáticos, os aparelhos transmitem sinais que indicam a profundidade e a aceleração dos animais, permitindo que, do laboratório, os cientistas visualizem em até três dimensões as atividades dentro da água.

Essa novidade auxilia no estudo do comportamento das baleias. Os primeiros resultados já começam a aparecer. Um exemplo: os sensores mostraram que, para se alimentar, a baleia-franca nada lentamente em mergulhos de dez minutos ou mais, enquanto a baleia-azul realiza investidas em alta velocidade, intercaladas com pausas para respirar.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.