Notícias sobre Regulação


Relatório divulgado pela ONG Instituto de Conservação de Baleias verificou um número recorde de morte de baleias-franca na costa atlântica da Patagônia argentina no ano passado. Segundo o levantamento, 116 exemplares da espécie morreram na região em 2012, enquanto houve 61 mortes em 2011.

Cientistas apontam três hipóteses para esse aumento: encalhes, exposição ao sol e ataque de gaivotas, que bicam as baleias causando-lhes ferimentos no dorso. Todo ano, a partir de junho, centenas de baleias-francas, de até 14 metros de comprimento e até 50 toneladas, chegam às baías da Península de Valdés (1.400 km ao sul de Buenos Aires), declarada patrimônio mundial da Humanidade pela Unesco, para dar à luz e criar seus filhotes. Este espetáculo atrai para a região do sul da Argentina 100 mil turistas ao ano, dos quais 25% são estrangeiros.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.