Notícias sobre Regulação


As redes de pesca, que se espalham por uma extensão de até 30 quilômetros e permanecem estendidas no mar por até 14 horas antes de serem recolhidas, representam um grande perigo para as toninhas, uma das menores espécies de golfinhos do mundo. Com habitat na faixa litorânea que vai do sudeste brasileiro até a Argentina, a toninha é muito sensível a esse tipo de pescaria, por ser pequena e viver perto da costa.

Estudo feito pelo o oceanógrafo Emanuel Carvalho Ferreira, da Fundação Universidade do Rio Grande (Furg), indica que a mortalidade de toninhas diminui 72% quando as redes são colocadas mais longe da costa, em áreas com profundidade acima de 20 metros.

O pesquisador encaminhou aos ministérios da Pesca e do Meio Ambiente uma recomendação para que seja criada uma área de proteção às toninhas em profundidades mais rasas.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.