Notícias sobre Regulação


Uma audiência pública na Câmara dos Deputados discutiu, no mês passado, a mortandade de abelhas e seus efeitos no Brasil. O secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Roberto Cavalcanti, defendeu a união entre o setor agrícola e a apicultura, já que as abelhas contribuem para o incremento da produtividade das áreas cultivadas.

Dados da Confederação Brasileira de Apicultores (CBA) indicam que a agroindústria tem um ganho de 20% em sua produção em função da polinização natural de abelhas e aves. A mortandade desses insetos é um fenômeno global conhecido como Colony Collapse Disorder.

Segundo o secretário, é necessário pesquisar e desenvolver no país tecnologias de aplicação de pesticidas para minimizar os efeitos colaterais desses produtos na natureza.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.