Notícias sobre Regulação


A venda de três inseticidas suspeitos de provocar a morte em massa de abelhas será proibida a partir de 1º de dezembro por países da União Europeia. A decisão se baseou em relatório da European Food Safety Authority (EFSA), agência europeia responsável pela segurança alimentar.

A restrição envolve os pesticidas clotianidina, tiametoxam e imidaclopride, fabricados pela alemã Bayer e pela suíça Sygenta. A medida será reexaminada em dois anos, período em que serão feitos estudo o comportamento dos insetos. Segundo o relatório, esses produtos poderiam provocar a paralisia ou a morte das abelhas, o que interromperia o processo de polinização, fundamental para o desenvolvimento da agricultura.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.