Notícias sobre Regulação


Proibido de caçar baleias no Oceano Antártico por decisão do Tribunal de Haia, órgão judicial supremo das Nações Unidas, o Japão importou da Islândia 2 mil toneladas de carne congelada do mamífero aquático. A compra do carregamento, que desembarcou na cidade portuária de Osaka, é encarada pelo grupo ambientalista Greenpeace como um desafio à ordem da Justiça e à opinião pública.

Segundo Junichi Sato, integrante do Greenpeace japonês, o volume importado representa dois terços do consumo anual de carne de baleia no Japão. Islândia – onde o hábito de ingerir carne do cetáceo não é tão difundido – e Noruega são os dois únicos países que desrespeitam abertamente a moratória sobre a comercialização de carne de baleia, imposta em 1986.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.