Notícias sobre Regulação


Proibido de caçar baleias no Oceano Antártico pela Corte Internacional de Justiça, o Japão pretende retomar a pesca dos mamíferos aquáticos na região dentro dos limites impostos pela decisão Tribunal de Haia. A proposta será apresentada durante reunião da Comissão Baleeira Internacional, que começa dia 15, na Eslovênia. O país asiático alega que captura de baleias tem fim científico.

Antes da sentença, ocorrida em maio, o Japão pescava, por temporada, 850 baleias-minke, 50 jubartes e 50 baleias-de-rorqual. A ideia agora será limitar as capturas da espécie minke, a mais comum das três, e recalcular as cotas de futuras campanhas baleeiras.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.