Notícias sobre Regulação


Algumas das principais áreas verdes situadas em pleno centro urbano do Rio de Janeiro estão sendo reflorestadas com a ajuda de abelhas sem ferrão. Caixas de madeira com telhados, que funcionam como lar para colônias dessa espécie de inseto, foram instaladas em locais como o Parque Nacional da Tijuca, o Parque da Catacumba, o Bosque da Barra, o Parque Chico Mendes, o Parque de Marapendi e o Parque da Pedra Branca.

As abelhas pousam nas flores, extraem o pólen e depositam esse material, que dará origem a novas plantas, em outros locais. Segundo pesquisadores, as espécies sem ferrão possuem maior capacidade de polinização, o que torna o processo de reflorestamento mais eficiente.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.