Notícias sobre Regulação


O Japão manifestou intenção de retomar o programa de caça a baleias na Antártica, informou Joji Morishita, principal negociador japonês na Comissão Baleeira Internacional. Segundo ele, o país pretende capturar “3.996 pequenas baleias da espécie minke nos próximos 12 anos”. A afirmação foi feita depois que um relatório do comitê científico da CBI não conseguiu determinar se o programa japonês tem objetivo científico ou não.

Na temporada 2014-2015, o Japão teve que desistir da caça a baleias na Antártica por causa de uma decisão da Corte Internacional de Justiça, em Haia, que considerou que a prática tinha finalidade comercial. O país asiático, então, apresentou um novo plano à CBI, comprometendo-se a reduzir a pesca anual de quase 900 para 333. Esse programa foi discutido durante reunião da comissão, em San Diego, Estados Unidos, mas não houve consenso.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.