Notícias sobre Regulação


Uma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Colônia, na Alemanha, indica que abelhas podem ajudar a identificar odores de drogas como heroína e cocaína. Segundo o estudo, divulgado na publicação científica Plos, as antenas dos insetos vibram de forma específica quando se aproximam de concentrações desses entorpecentes.

Os cientistas classificaram as antenas das abelhas como “mais sensíveis do que o melhor dos sensores artificiais” e afirmaram que os animais poderiam ser usados para identificar ainda contaminação alimentar e resíduos explosivos. De acordo com os pesquisadores, os aromas de maconha e anfetaminas não provocaram reação significativa das abelhas.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.