Notícias sobre Regulação


Pesquisadores da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, em inglês) do Canadá estão utilizando drones para monitorar baleias e orcas no litoral da Colúmbia Britânica. A principal vantagem é a redução de custos: comprar um veículo aéreo não-tripulado é bem mais barato do que alugar helicópteros.

Segundo o pesquisador John Durban, com os drones, também é possível registrar imagens mais próximas dos animais sem que eles percebam. Assim, os cetáceos não modificam seu comportamento em função do aparelho. Nesse trabalho de monitoramento, os especialistas identificam individualmente cada mamífero aquático. A partir daí, determinam o sexo, o estado nutricional, o ritmo de crescimento e condições de saúde, entre outros aspectos.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.