Notícias sobre Regulação


Até a década de 80, entre 600 e 800 golfinhos viviam na Baía de Guanabara, um dos símbolos do Rio de Janeiro. Hoje, não passam de 40, que se refugiam das águas poluídas perto do único local onde a natureza permanece preservada na baía: a Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim. Criada em 1984, foi a primeira unidade de conservação do país, com a finalidade de proteger os manguezais da região.

“A APA é o pulmão da baía”, compara Klinton Senra, analista ambiental do Instituto Chico Mendes para Biodiversidade, órgão do Ministério do Meio Ambiente. A comparação faz sentido. É ali que se reproduzem peixes, camarões e outras espécies que são alimentos para os botos.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.