Notícias sobre Regulação


Conhecido na China como baiji, o golfinho-lacustre-chinês havia sido declarado extinto há dez anos. Há poucos dias, porém, ambientalistas afirmam ter avistado um animal da espécie no rio Yangtzé, perto da cidade de Wuhu, na província de Anhui, no sul da China. Na década de 50, havia milhares de baijis na região do Yangtzé. Nos anos 80, não existiam mais de 200. Construções de barragens, intenso tráfego de barcos e pesca predatória foram os motivos para a queda populacional da espécie.

De acordo com os relatos, um mamífero cinza com focinho longo foi visto saltando da água, a 300 metros de onde estava o barco dos ambientalistas. Um sonar gravou o barulho emitido pelo animal, mas não foi possível fotografá-lo. As informações foram encaminhadas para análise na Academia Chinesa de Ciências. “Somente um baiji poderia saltar daquele jeito”, afirmou Song Qi, um dos ambientalistas que participavam de expedição na região.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.