Notícias sobre Regulação


Cientistas britânicos da The Royal Society descobriram, após visita ao Museu da Terra, da Vida e do Mar, no Japão, que o esqueleto de uma baleia exposto no local é de uma espécie extinta no período Mioceno tardio, entre 10 milhões e 5 milhões de anos atrás. “Trata-se de uma descoberta essencial para conhecer a evolução das baleias”, disse, à agência de notícias espanhola Efe, a curadora do museu, Naoko Miyagawa.

Exibido no museu japonês desde 1999, o fóssil foi encontrado no Peru, durante escavações na região de Arequipa. O esqueleto corresponde a um exemplar de uma nova espécie dos balenoptéridos, que estão entre os maiores animais que já habitaram o planeta.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.