Notícias sobre Regulação


O volume de cigarros contrabandeados apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal cresceu 32,5% até setembro deste ano, no estado do Paraná, em comparação com o mesmo período de 2016. O total de maços tirados de circulação aumentou de 12,6 milhões para 16,7 milhões. Somente esta semana, dois carregamentos originados do Paraguai foram interceptados pelos
policiais, com uma carga estimada em R$ 3,5 milhões (US$ 1,1 milhão).

Em entrevista à rádio CBN, o inspetor Fernando Oliveira destacou que o contrabando de cigarros alimenta outros crimes, como tráfico de armas e drogas e roubos de carros e caminhões. “Muitas vezes esses veículos são levados para a região da fronteira com o Paraguai, onde são preparados para o transporte do produto”, explicou.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.