Notícias sobre Regulação


A venda de cigarros contrabandeados no Brasil alcançou, em 2017, 48% do mercado, o maior índice já registrado. Esse percentual revela o avanço do produto ilegal no país: em 2015, o nível era de 30% e, no ano passado, de 45%. Os dados fazem parte de um levantamento do Fórum contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP).

De acordo com Edson Vismona, presidente do Fórum e do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco), somente com o contrabando de cigarros, o país deixou de arrecadar cerca de R$ 6 bilhões (US$ 1,9 bilhão) em impostos.

O levantamento indica a origem da maioria dos produtos é o Paraguai. A marca de cigarro mais vendida no Brasil é a Eight, fabricada pela Tabacalera del Este, empresa do presidente paraguaio Horacio Cartes.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.