Notícias sobre Regulação


A Receita Federal, órgão que controla os postos de fiscalização alfandegária, divulgou um balanço das apreensões de mercadorias em Foz do Iguaçu, área da Tríplice Fronteira (Brasil - Paraguai - Argentina), no ano passado. Ao todo, foram recolhidos cerca de US$ 80,1 milhões em produtos, 19% a mais do que em 2016, e o item que lidera o ranking foi o cigarro, com 38% do material apreendido.

Os agentes de fiscalização de Foz do Iguaçu retiveram 20 milhões de maços de cigarros contrabandeados, que somam aproximadamente R$ 100 milhões (US$ 31,1 milhões). Na sequência dos produtos mais apreendidos estão itens eletrônicos (22%) e de informática (7%).

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.