Notícias sobre Regulação


Enquanto no Paraguai a carga tributária sobre cigarros é de 16%, em outros países da América do Sul os impostos sobre o produto varia de 70% a até 90%, como em alguns estados do Brasil. Essa diferença é um dos principais motivos da entrada ilegal de cigarros produzidos no Paraguai nos países vizinhos. A conclusão foi feita por especialistas que estiveram presentes no evento Mercado Ilegal: Crime Transnacional, no Cone Sul, realizado em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Com o consumo interno estimado em 2,5 bilhões de cigarros por ano, o Paraguai produz 60 bilhões em 35 fábricas. Hoje, o contrabando de cigarros domina 48% do mercado do Brasil, 22% do Chile e 14,2% da Argentina.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.