Notícias sobre Regulação


A Justiça condenou sete policiais militares, acusados de fazer parte de um esquema que facilita o contrabando de cigarros no Mato Grosso do Sul, a penas que variam de oito a dez anos de prisão. O estado faz fronteira com o Paraguai, de onde saem os carregamentos com o produto ilegal.

Os policiais haviam sido presos em dezembro. Segundo as investigações, eles cobravam propina para não reprimir o crime e, caso não recebessem o valor pedido, chegavam a sequestrar motoristas de caminhões com cigarros contrabandeados para exigir o resgate.

© 2007 CRE Brasil - Todos os direitos reservados.